terça-feira, 13 de dezembro de 2011

é Natal! É Natal nan nan nan nan nannnnn!!!!

Já falta tão pouco!! Yupiiii!

Pareço uma criança, eu sei, mas gosto mesmo do Natal!

Faltam menos de 2 semanas e cá em casa está tudo comprado! E claro contas feitas.

Ora aproveitando promoções e descontos etc, para a família principal cá de casa, pais e irmãos e bebes, 3 voltinhas de prendas, i.e., 2 miminhos e a prenda principal, ficou a cerca de 30 euros a cada um. Eu sei que ainda é qualquer coisa, mas cada família pode e deve elaborar o seu orçamento de acordo com o que acha que deve gastar. Aqui por casa, como no aniversário, aproveitamos o Natal para oferecer algumas coisas que são realmente necessárias. Mas quando não há essa possibilidade, ou quando o orçamento é realmente curto, o melhor é pensar que o Natal é para os miminhos e não para simplesmente gastar porque sim! Nas "necessidades" maiores fizemos a chamada "vaquinha" e compramos em conjunto com outras pessoas.
Depois, prendas para a restante família, ama do filhote, padrinho e a nossa querida ajudante de limpezas :) 7.20 euros por pessoa em média. Parece muito? É que não ultrapassei os 15 euros por pessoa (média total).

Outras poupanças... não comprei decorações para a casa e os embrulhos (excepto cabazes) foram feitos ou na própria loja ou reaproveitando os sacos e papel que sobraram do Natal do ano passado.

Para quem ainda vai fazer as suas compras de Natal, além de pensarem em elaborar um orçamento que não devem de todo ultrapassar, relembro que este mês é também altura de pagamento de seguros, casa e carro, e portanto as contas do mês devem ser feitas com atenção a estas questões que, na minha opinião, devem estar sempre primeiro.
Outra sugestão é pensarem que se quiserem oferecer roupa, por exemplo, estão aí a chegar os saldos (até já se vêem promoções por aí, tal é a crise). Por isso, tenham em atenção a possibilidade de comprar e oferecer depois do Natal, ou comprarem ou mesmo fazerem os vossos vales de oferta ("vale um casaco de malha nos saldos").
Também acho muito gira a ideia do amigo secreto... no caso, a familia secreta... porque não dedicar toda a atenção e todo o orçamento para uma pessoa. Assim, todos recebem prenda e os gastos não são tão grandes.

Como nota final, volto apenas a reiterar o quanto acho importante uma rubrica de extras no vosso orçamento de casa. Para imprevistos, mas principalmente para compensar estes meses em que há almoços e jantares com amigos e família e prendas imensas para comprar. Volto a dizer, diluindo no tempo, ir comprando e principalmente ir gerindo as despesas pode significar uma poupança perto dos 100% do subsidio de Natal que este ano, em particular, já foi tão curto para toda a gente!

Agora é contagem decrescente...

Boas Poupanças!

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...